Você sabe o que é inadimplência? Apesar de parecer uma pergunta de resposta simples, é bem comum que as pessoas confundam essa situação com a de  endividamento — muito semelhante, inclusive.

Para esclarecer a definição de cada uma dessas situações, a Crédito.vc preparou um conteúdo exclusivo sobre o tema, explicando o que é ser inadimplente e como evitar entrar nessa lista. Confira abaixo.

O que é inadimplência

A inadimplência é o não cumprimento de algum compromisso financeiro. Ou seja, o não pagamento de alguma dívida até a sua data de vencimento. Um exemplo muito comum é o atraso na quitação da mensalidade do cartão de crédito. 

Esse índice é ainda mais comum entre credores. Por se tratar de uma dívida mais longa, é comum que aconteçam imprevistos financeiros que impeçam a pessoa de cumprir com seus pagamentos e, assim, passe a integrar o cadastro de inadimplentes

Infelizmente, o índice de inadimplência no Brasil é alto. De acordo com dados coletados e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), cerca de 39% da população se encontrava inadimplente em janeiro de 2020. 

Diferença entre inadimplência e dívida

Uma vez que inadimplência é o descumprimento dos prazos de pagamentos, pode-se concluir que os inadimplentes também podem ser chamados de endividados, correto? Sim e não.

Pode-se dizer que todo inadimplente tem uma dívida, mas nem todo endividado é inadimplente. Isso porque a dívida são contas futuras, ou seja, existem, mas ainda estão dentro do seu prazo de pagamento. A fatura do cartão de crédito é um exemplo de dívida.

Já a inadimplência acontece quando uma dívida não é paga. Ou seja, quando a fatura do cartão de crédito é fechada, mas não é quitada até a data de vencimento estipulada pela empresa.   

Todo inadimplente tem nome sujo? 

Normalmente, saber o que é inadimplência acaba gerando outra questão muito comum sobre o tema: todo inadimplente tem “nome sujo”? A resposta correta é: nem sempre. 

Em alguns casos, é comum que a empresa tente negociar com o cliente inadimplente antes de enviar seus dados para birôs de crédito. Apenas nessa última etapa é que o nome do cliente fica “sujo”. 

No Brasil, os birôs de crédito são: Boa Vista, SPC e Serasa. Esses órgãos, inclusive, são os responsáveis pelos indicadores de inadimplência, utilizados nas pesquisas divulgadas pelos canais de comunicação. 

Consequências da inadimplência

Ter o CPF na lista de inadimplentes dos birôs de crédito indica ao mercado que você é mau pagador, uma vez que você possui dívidas em aberto. Com isso, podem haver algumas dificuldades, como:

  • Não ter empréstimos e demais linhas de crédito liberadas;
  • Não conseguir abrir conta em banco;
  • Ter o cheque especial bloqueado,
  • Ter o score diminuído. 

Como deixar de ser inadimplente?

Para deixar a lista de inadimplência, deve-se quitar suas dívidas e os juros incididos sobre ela. No caso de parcelamento das pendências, basta pagar a primeira parcela para ter o “nome limpo”. 

Como escapar da lista de inadimplência

Ninguém quer compor a taxa de inadimplência, não é mesmo? Então, para se manter longe dessa lista, é preciso ter um planejamento financeiro constantemente atualizado, especialmente se você possui dívidas, como parcelas de empréstimo e de cartão de crédito. 

Sabendo o que é inadimplência, todo cuidado com as finanças é pouco! Portanto, fique atento ao quanto você gasta mensalmente, e se preocupe em reservar uma quantia para o seu fundo de emergência. Assim, se acontecer qualquer imprevisto financeiro, as chances de atrasar os pagamentos diminuem.

Acompanhe nossas publicações

Agora que você sabe o que é inadimplência e o que pode ser feito para evitar entrar nessa lista, que tal acompanhar nossas publicações e se manter informado sobre as principais notícias sobre o segmento? 

Se você está em busca de empréstimos com os melhores CETs, entre em contato com a Crédito.vc e saiba como conseguir a linha de crédito ideal para o seu perfil!